Visitava todas!

Adoro viajar! Se pudesse fazia pelo menos 1 viagem por ano e não tinha de ser de uma semana. Bastava-me um fim-de-semana prolongado para visitar Barcelona, Edimburgo, Berlim, Zurique, Moscovo. Depois podiam vir as outras, as que requerem mais tempo - e também muito mais dinheiro - para ir a Sidney e a Melbourne na Austrália, a Nova Iorque, Boston, Miami, Los Angeles nos EUA ou Singapura e Banguecoque na Tailândia. Tantas cidades, todas na lista das acolhedoras e divertidas e todas na minha lista de viagens de sonho. Mas viajar custa dinheiro e não é pouco... apesar de hoje em dia ser bem mais barato do que há uns anos atrás, a verdade é que ir 3 dias a Barcelona, por exemplo, que é já ali ao lado, custa dinheiro que não consigo separar na gestão dos gastos mensais lá de casa. Também para viajar é preciso fazer contas não só ao transporte, que por vezes é o mais barato! Entra na equação a estadia e as refeições, que por mais simples que sejam custam dinheiro. E se é para ir, é para ir com espaço para pelo menos 1 refeição decente por dia e para dormir com o mínimo de condições. O resultado é simples: não dá para inventar uma viagem só porque se encontra um voo baratinho; não dá para arriscar com um fim de semana prolongado ali a Barcelona quando este mês é preciso pagar o seguro e o selo do carro; não dá para reservar uma viagem no impulso do momento quando se sabe que este ano é preciso fazer obras em casa. E as despesas, previstas ou imprevistas, vão surgindo e vão adiando as viagens de sonho. Mas como são de sonho não faz mal, se um dia as realizar tanto melhor; se não der... fico feliz por ver Lisboa e Porto presentes nesta lista e saber que pelo menos Londres e Paris já cá cantam!

Portugal no top 10. Descubra as cidades mais divertidas e acolhedoras do mundo

Comentários

Mensagens populares deste blogue

Dia Mundial da Doença de Parkinson

Parabéns maninha!

O milagre chamado Constança José