Mensagens

A mostrar mensagens de Março, 2015

Mãe é mãe mas...

O curso do Hugo está ao rubro e começo a sentir o peso da sua ausência em todas as rotinas do final do dia. Sair do emprego a correr, em stress para ir buscar as miúdas, preparar jantar, controlar o jantar, dar banho, pôr creme abundantemente às duas (a pele atópica continua a não dar tréguas!), vestir pijamas, lavar-lhes os dentes, conversar com elas, tentar ter tempo para brincar... e por fim ir deitá-las. Tudo eu, todos os dias da semana, mas só agora com a Constança quase a fazer 5 anos. Não fosse a novidade do curso e a grande maioria destas tarefas seriam feitas pelo pai e a minha participação estaria limitada à logística do jantar e ao deitá-las porque a oração da noite não perco por nada, mas de resto o pai sempre fez, e continua a fazer no fim-de-semana e sempre que consegue. E faz não só porque tem tempo, mas porque faz por ter tempo. Faz por gosto e com empenho e com muito amor. E faz tão bem como eu. E escrevo hoje sobre isto porque li um artigo no Público que fala sobre a…

Família

Ainda este fim-de-semana a minha irmã Sandra falava que cada vez mais acredita que o importante na vida é mesmo estar perto de quem se ama. Nós temos a sorte de nos ter por perto, de conseguirmos estar presentes nos momentos importantes da vida uns dos outros, mas sabemos que não é assim com toda a gente. Cada vez mais há famílias separadas quer por longos km, quer por desentendimentos ou simplesmente por preguiça. E isso é triste. Porque qual a felicidade de conhecer o mundo se não tivermos com quem partilhar a experiência, se não tivermos para quem voltar? Qual a felicidade de ter o dinheiro todo do mundo se não nos sentirmos amados? Qual a utilidade de uma carreira de topo se não for para trazer coisas boas à vida pessoal? Lá em casa acreditamos que é preciso ter ambição, que é preciso sonhar, que é preciso lutar mas nunca esquecendo de quem nos fez ser quem somos. E a família é isso. É simplesmente a definição de quem somos. 
E este tema surge hoje por vários motivos, todos eles d…

As nossas Cinderelas

Imagem
O prometido é devido e no fim-de-semana lá fomos ver a Cinderela com as pequenas. Foi uma estreia para a Carlota, que superou todas as expectativas!!! Claro que as pipocas ajudaram muito... mas o filme também! A história já conhecemos mas a forma como está contada é diferente, com personagens muito bem caracterizadas e com efeitos que impressionam miúdos e graúdos. Fica a sugestão e não só para ir ver com meninas! É um clássico cheio de valores, quer para meninas quer para meninos!!!

Presentes Dia do Pai

Imagem
O verdadeiro desafio de ontem foi conseguir duplicar-se nas actividades dos 2 colégios! A sorte foi conseguir horários ligeiramente desencontrados, caso contrário seria o drama para uma delas... Com a Carlota ouviu uma história e com a Constança fez uma Caça ao Tesouro! Ambas as atividades foram do agrado das miúdas e do pai, mas o que fica para recordar são mesmo os presentes! A mais pequena fez um desenho "livre" muito artístico, na minha modesta e leiga opinião, cosido numa bolsa + um cartão em forma de carro com a foto da própria; a mais crescida, um postal a dizer "O meu pai é... FOFINHO" - realmente uma característica que só fica bem porque foi a Constança a dizer! Mais 1 porta-chaves, quase em tamanho e peso real do fofinho do pai. Ahahaha! Brincadeira à parte, são presentes originais e que iremos guardar com todo o carinho porque com eles guardamos não só as qualidades artísticas das pequenas com 2 e 4 anos, mas sobretudo o carinho que transmitem. 

Mas a p…

Feliz Dia do Pai!

Imagem
O sonho do Hugo sempre foi ser pai. E o mais giro é que dizia sempre que gostava de ter meninas. Ao contrário da grande maioria dos homens que, mesmo que não o admitam, sonham com filhos rapazes para perpetuar a "espécie" ou para levar aos jogos da bola. Não sei se por não ligar nenhuma a futebol ou por ter tido irmãos rapazes, sempre desejou meninas... E a vida nisto foi muito justa com ele, que depois da provação de ficar sem pais tão cedo, lhe concedeu o desejo, não uma mas duas vezes! Fomos abençoados com as nossas meninas, e como se por si só não fossem caso de orgulho infinito, calhou serem as duas a cara do pai e, mais do que isso, as duas completamente apaixonadas pelo pai. Desde o 1.º olhar que o amor foi imediato e infinito. A Constança primeiro, escolhendo a palavra "papá" como a 1.ª do seu dicionário; Depois a Carlota, que adormecia sempre mais rápido embalada pelo colo do pai do que em qualquer outro, inclusive do meu... Ainda hoje, quando estão aflit…

E a fatalidade aconteceu...

Acordámos com a triste notícia da morte do Sr. Eliseu, pai do cunhado Nuno, sogro da mana Andreia, marido da D. São que tomou conta das minhas pequenas até irem para os colégios. Este Sr. que nos deixou hoje, morreu depois de dias em sofrimento no IPO, levado pela doença do século que teima em não ter cura. Este Sr. deixou-nos mas vão ficar as saudades dos seus modos educados, da sua pronta disponibilidade para ajudar os outros, da sua força de trabalho, da sua coragem por ter resistido tão fortemente a esta doença tão cruel, que vai sugando a vida a cada dia que passa. Partiu hoje, mas vai ficar para sempre nas nossas memórias e nos nossos corações. Que descanse em paz.

A morte

Por mais que a vida nos pregue partidas, nunca sabemos lidar com a morte. Custa pensar nela, dói quando a sentimos. E dói sempre, quer seja uma surpresa, quer seja uma fatalidade anunciada. Dói ainda mais quando nos sentimos impotentes e vemos quem amamos sofrer...

Boa sorte Huguinho!

Imagem
Hoje vai ser o 1.º dia da nova aventura da nossa família! O Hugo começa o curso, logo começo a ser eu a ir buscar as miúdas aos colégios, logo começamos todos a ter rotinas bem diferentes daquelas que conhecemos até aqui. Estamos todos mentalizados que não vai ser fácil, mas também estamos todos muito entusiasmados com esta oportunidade que surgiu na vida do Hugo. Boa sorte Huguinho!!!

As minhas pirosas

Imagem
Sempre sonhei ser mãe e sempre desejei ser abençoada com meninas. Deus concedeu-me essa graça e a cada nova fase fico mais feliz com esta bênção. São tão diferentes nos feitios mas se há coisa em que são iguais é no seu lado feminino, bem vincado desde pequenas. No natal os tios Ana e André ofereceram à Constança uma mala de maquilhagem à Constança e claro que tem sido o delírio!!!! Ontem dei com esta foto e até fiquei emocionada com a ternura que emana. O pormenor da mão da Constança a segurar, muito delicadamente, o queixo da mana e quietude da Carlota neste momento tão ternurento, tão intimo... obrigada ao pai Hugo por ter conseguido registar a essência deste momento mágico. 

E é isto.

Ontem foi a reunião de pais no colégio da Carlota, para ponto de situação e perspectivas para próximo ano, já que os nossos filhos sendo da sala dos 2 anos vão deixar a creche e passar, em setembro deste ano, para o jardim de infância. A questão é que as "regras do jogo" mudam com esta transição, já que deixa de existir comparticipação da Segurança Social. A justificação é simples: existe rede pública com resposta para esta necessidade. Oiço isto e fico logo em modo fúria e revolta porque comprovei que esta resposta é na verdade uma ilusão, só acessível e disponível para pais que não trabalhem ou que tenham suporte familiar, como avós, que possam ir buscar as crianças às 15h. Ontem, com a partilha de outros pais, comprovei mais uma vez que esta é uma realidade em outras escolas, onde infelizmente a vertente ATL não funciona ou simplesmente não existe. É triste, é revoltante, é injusto, é incompreensível para a grande maioria mas e então?! Reclamei, partilhei a experiência c…

Nasceu o Santiago!

Imagem
Em março já tenho garantidos 2 dias de festa seguidos! Hoje nasceu o Santiago, filho da minha querida amiga e afilhada de casamento Isa (mais conhecida como a espanhola), às 3h da manhã com o belo peso de 3.970 kg, parto normal!!!! Medoooooo! O meu cérebro simplesmente não concebe um parto natural com um bebé deste tamanho! Mas felizmente não somos todas iguais e nisto Deus foi muito justo comigo! A amiga Isa diz que correu tudo bem e está radiante com o nascimento deste seu tão desejado rebento. Muitas felicidades querida amiga, que bem mereces! Cá estarei, cá estaremos todas para te ajudar em tudo o que for preciso e para sermos umas tias de verdade :)

Bem-vindo à família Santiago!

Parabéns Miguel!

Imagem
Hoje é dia do nosso Miguelito que já faz 2 anitos!!! Tem sido um orgulho vê-lo crescer, cheio de personalidade, com uma confiança que chega a meter medo!!! Está sempre bem-disposto, pronto para nos largar um sorriso de orelha a orelha e dar um abraço daqueles bem apertadinhos. Gosto mesmo deste miúdo, com esta cara de malandro que não engana ninguém! Que continues assim, bem castiço, cheio de ternura e mau feitio porque aqui a tia vai sempre perceber-te! Muitos parabéns querido Miguel!!!!

Pessoas destas, só longe. Da vista e do coração.

Hoje há um artigo no jornal Observador sobre as "pessoas tóxicas" nas nossas vidas, aquelas que nos sugam a energia e só partilham más energias, com uma visão da vida sempre negativa e pessimista. Felizmente não tenho pessoas dessas na minha vida. Já conheci uma quantas, mas felizmente não me conseguem contaminar com as suas toxinas negativas. E se há coisa que fui aprendendo, com algumas desilusões bem fundas, é que não vale mesmo a pena tentar "converter" estas pessoas, menos ainda insistir para que façam parte da minha vida. Acredito que quem não nos faz bem, não nos quer bem e por isso que sigam o seu caminho, mas longe do meu!

Logo hoje?!?!

Até costumo jogar no Euromilhões, uma chave da máquina de vez em quando e quase sempre quando há prémio acumulado como hoje. 100 milhões de euros é coisa para se ficar mais do que excêntrico!!!! Mas se pensar no tamanho da minha família, dos meus amigos e de tantas pessoas que gostava de ajudar... Acho q não sobraria assim tanto.... Mas logo hoje, precisamente quando sai a um único apostador português, não joguei! Só espero que saia a alguém com cabeça, com família e muitos amigos a quem possa fazer feliz. O dinheiro não traz felicidade mas a verdade é que pode ser uma grande ajuda...

Finalmente... tenho carro!

Percebo que o tempo passa mesmo a correr quando penso que passaram 2 meses desde que fiquei sem carro. Quer dizer, passaram 7 meses desde que a nossa carrinha morreu em plena Ponte Vasco da Gama, mas no entre tempo arranjaram-se umas soluções alternativas mas que foram despachadas, de forma milagrosa, na 1.ª semana do ano. Por isso e desde aí que não tinha carro. É certo que temos o jipe mas não é carro que dê para usar no dia a dia. Para começar nem entra dentro de um shopping, o que para mim é logo um bloqueio! ahahaha! Também há o carro do trabalho do Hugo mas que para nosso azar é comercial... por isso estes 2 últimos meses exigiram uma logística familiar muito engenhosa, com o Hugo a fazer de motorista todas as manhãs, a levar-me a mim ao metro e a ir depois deixar as miúdas nos respectivos colégios; final do dia, a mesma coisa... foi difícil, confuso, chato mas passou! Acabou ontem quando finalmente fomos buscar a nossa nova carrinha. Não é propriamente nova mas é bem recente e…

Estamos sempre a tempo!

Imagem
À medida que o tempo passa e que a vida avança é muito fácil entrar numa rotina estável, confortável e segura. Mas os sonhos não conhecem limites e nunca  é tarde para se ir atrás do que se gosta, nunca é tarde para aceitar novos desafios, nunca é tarde para abraçar novos projetos. Tenho esta convicção mas sei que nem sempre tenho a coragem para dar o passo seguinte, para sair da minha zona de conforto, arriscar e ir à luta. Fiz o mestrado muito pelo empurrão do marido que nestas coisas é o primeiro a pensar que o esforço tem sempre uma recompensa e que tudo se arranja! Foi dose conseguir fazer o mestrado em pós laboral, conciliar trabalho com as coisas de casa, com a Constança ainda muito pequena e ainda encaixar o investimento no orçamento familiar... Mas a verdade é que olho para trás e o tempo passou a voar, a experiência foi muito compensadora a todos os níveis e conseguimos gerir tudo de forma muito equilibrada, incluindo a gravidez inesperada (embora muito desejada!) da Carlot…

Quando as imagens dizem tudo...

Imagem
Nota: o grito que se ouve no fim é meu. De choque. De pânico. De espanto. De ternura...  Sou cada vez mais fã destes dois...

Parabéns Bela!

Imagem
A conversa com as amigas é como as cerejas, quando começamos não paramos mais! Assunto nunca falta e a boa disposição e palhaçada acabam sempre por reinar. E amigas que nos fazem rir são sempre amigas para a vida! Amigas que nos ajudam nas tarefas mais comuns, como trocar os lençóis da cama ou fazer almôndegas... São mesmo amigas da e para a vida! Que este ano a vida te sorria muito e nos dê ainda mais motivos para estarmos juntas! Tu mereces muito!!!!