Mensagens

Associativismo parental

Imagem
Assim que a Constança entrou na escola pública quis saber como fazer parte da Associação de Pais. Para mim é tão normal como fazer a inscrição, tão natural como saber os contactos da escola e os horários de atendimento da professora. Se sou mãe, encarregada de educação, é meu dever, minha obrigação acompanhar os problemas da escola que escolhi para as minhas filhas. Esse foi o exemplo que tive em casa, com a minha mãe a fazer parte da Associação de Pais da escola que frequentámos, numa altura em que tudo faltava, em que era preciso ir a pé para a escola, com rios de lama no inverno o que nos obrigava a ir de botas de borracha nos pés, com uns sapatos na mochila para trocar na entrada da escola. Lembro-me da minha mãe ser entrevistada para a televisão, o que há cerca de 30 anos era um verdadeiro fenómeno, enquanto membro da AP de Casal de Cambra, a defender melhores condições e mais recursos, numa luta para que o "maior bairro clandestino da Europa" ganhasse acessibilidades …

Orgulho gigante!

Imagem
Há dias na vida em que devia ser possível o dom da multiplicação, o dom de estar em 2 sítios ao mesmo tempo. Fosse isso possível e eu estaria na plateia, de pé a bater palmas de orgulho e emoção no lançamento do livro da mana e da sua turma e ao mesmo tempo na entrega do diploma de finalista do 4.º ano do Simão. No mesmo dia, à mesma hora aconteceram estes momentos que ficam na nossa história mas que infelizmente não assistimos ao vivo. Vale-nos esta ligação tão forte que ultrapassa a presença física, sabendo que no nosso coração estamos sempre juntos - Um por todos e todos por um. Parabéns querida mana por mais este acontecimento especial na tua vida, que tão bem reflecte o amor, a dedicação, as horas de trabalho e de entrega que tens aos teus alunos - não à escola, não aos colegas, não aos pais mas sempre, de corpo e alma, aos alunos, os "meus meninos" como lhes chamas e sentes. Sorte a destes miúdos que começam a vida escolar com uma professora como tu. Lá está, não cons…

Parabéns Huguinho!

Imagem
É um número redondo mas mais do que isso é a entrada num novo ciclo da vida: nos "entas". Há quem diga que a partir de agora é a doer, uma linha descendente com as maleitas a aparecer. Mas também há quem afirme que a partir dos 40 é que a vida ganha outro ânimo. Eu acredito nas 2 teorias, sei que ambas têm um fundo de verdade, mas sendo optimista por natureza e racional por convicção, acho que se deve viver a vida ao máximo, independentemente da idade. Há fases mais estimulantes do que outras, alturas em que apetece fazer tudo e outras em que não apetece mexer uma palha. Outras em que se começam novas aventuras, outras que se fecham ciclos. Sem data marcada ou prazo de validade. A vida é para ser vivida se possível sempre em festa, rodeados por aqueles que realmente importam, por quem está sempre lá, nos bons e maus momentos. A vida é feita de acontecimentos e o que importa é que sejam felizes - no que estiver ao meu alcance tudo vou fazer para que muitas coisas boas aconte…

Parabéns Pai!

Imagem
O meu pai faz 66 anos hoje. Ele é do tempo em que o dia de nascimento não tinha de ser o dia do registo, por isso oficialmente só faz anos na próxima semana, no mesmo dia do Hugo (mais uma coincidência boa na minha vida!).  O meu pai é do tempo em que não existia a etiqueta de "famílias numerosas" porque o normal era ter muitos filhos, e não o contrário, num tempo em que ser o primogénito significava ser o "chefe de família" na ausência do pai. Com o peso da responsabilidade, do exemplo, do dever, do orgulho que representava e ainda hoje representa.  O meu pai é do tempo em que o Serviço Militar era obrigatório e fez parte de um dos muitos contingentes com missão de "paz" em África. Tem muitas históricas para contar desse tempo, que guarda como um "teve de ser", felizmente sem trauma de maior pela sorte que o serviço à padaria lhe conferiu. Apesar do tempo de serviço, nunca chegou a aprimorar os seus dotes culinários... acabou por ser "sal…

Bem-vinda Madalena!

Imagem
Estou a escrever esta mensagem de coração cheio, com a voz embargada e de lágrimas que teimam em querer cair. De pura alegria pela enorme emoção do nascimento da Madalena, que conseguiu surpreender por tamanha resistência, mas por ter recebido esta notícia maravilhosa e já aguardada, com outra que me deixou neste estado de comoção profunda: "Como qualquer história de princesa,  no nascimento os reis convidam as fadas madrinhas para lhe atribuírem qualidades...aqui os papás acham que estas 5 fadas todas tão diferentes podiam ser as madrinhas da princesa Madalena...

SIM!!!!
Um convite cheio de significado, com um toque de magia que me deixa comovida, orgulhosa, surpresa, emocionada, grata... tudo num misto de emoções difíceis de explicar por palavras. Em resposta a este convite mágico, assumo o meu papel junto da equipa de madrinhas escolhidas e atribuo à pequena Madalena o Dom da Coragem. Podia escolher outros, tão ou mais importantes mas prefiro este, que acredito está na base d…

Às minhas crianças

Imagem
Dizem que ser criança hoje é muito diferente do que já foi. Basta pensar na minha infância e na das minhas filhas para saber que é verdade. São outros tempos, novos meios, diferentes recursos, desafios que se impõem, numa sociedade que também mudou. Se tudo foi para pior? Não acredito! Há extremos, bons e maus exemplos, como haverá sempre, indiferente ao tempo e ao espaço. Mas no essencial, na base de tudo e naquilo que realmente importa, nada mudou. Um sorriso continua a ser um sorriso. Um abraço apertado continua a ter as mesmas capacidades curativas que tinha há séculos. Mudam-se os tempos mas não se perde a essência. É essa a lição de vida que espero ensinar às minhas filhas, às crianças da minha vida*.
*Por crianças da minha vida deve ler-se todas as crianças que moram no meu coração. Felizmente ele é de uma elasticidade impressionante: Simão, Matias, Francisca, Miguel, Frederica; Maria Leonor, Maria Francisca, Duarte; Vasco, Madalena (que ainda não nasceu mas que amo como se já…

Parabéns mano!

Imagem
Chegas aos 30 anos de coração cheio, com a certeza de que nasceste na melhor família do mundo.
Chegas aos 30 anos com os amigos verdadeiros, aqueles que sabes que vão estar sempre lá.
Chegas aos 30 anos a fazer o que mais amas, a ver crescer um projecto que tem tanto de ti.
Chegas aos 30 anos com a certeza de que foste fazendo as escolhas certas, mesmo as mais difíceis.
Chegas aos 30 anos com alguns sonhos desfeitos mas mais forte para seguir em frente.
Chegas aos 30 anos pronto para abraçar uma nova etapa da tua vida.
Chegas aos 30 anos pronto para voltar a sonhar!!!

Estou convicta de que o melhor ainda está por vir!
Muitos parabéns querido mano.

Noite incrível

Imagem
Impressionante como os programas imprevistos são os que sabem melhor! A marcação de um jantar já andava na baila há muito tempo mas a data perfeita, que fosse possível para todos, nunca aparecia. E eis que precisamente num dia altamente improvável, por coincidir com o aniversário do Tiago - o nosso amigo maior - ocorreu uma espécie de alinhamento astral e conseguimos jantar e sair à noite. Foi uma festa dupla, ou melhor tripla! E soube tão, mais tão bem! Incrível que apesar de nos conhecermos há tantos anos, da vida nos manter juntos há mais de 1 década, esta saída tenha sido histórica já que acabamos por nos encontrar noutros contextos, seja em festas de família, seja só nós sem maridos, mas raramente todos, nós e eles, sem filhos. Juntar os 8 numa saída de última hora foi simplesmente épico. 




Foi tão bom ou tão pouco que já há data para o próximo encontro!  Vamos ver se os astros se voltam a alinhar... ahahaha

Overbooked

Sabia que ia ser assim. Basta olhar para a agenda e sei que as próximas semanas - ou melhor, meses! - estão cheios de acontecimentos, aliás já falei deles aqui. A questão é que se aproximam e começo a perceber que não consigo o dom da multiplicação!!! Nem sempre dá para nos dividirmos, para marcar presença em todos os sítios ao mesmo tempo. Essa escolha, decidir onde vamos, implica que vamos falhar a alguém e isso custa-me muito. Este sábado, por exemplo, temos a festa dos 5 anos da Diana, filha de uma grande e especial amiga, precisamente à mesma hora que o Sarau da escola, preparado pelo professor de educação física da Constança e Carlota, que dá-se o caso de ser tio delas e meu irmão, e onde participam as grandes amigas da escola e da dança. Festa em Sintra, Sarau em Odivelas, nem sequer a localização facilita a participação nos dois eventos... Já confirmámos com a Cris mas ontem, quando as miúdas perceberam que isso implica não ir ao sarau, ficaram tristes. Olharam para mim, em b…

Leituras em dia

Diz que quem lê muito gosta de escrever e vice-versa. Acredito que esteja relacionado porque gosto tanto de ler como de escrever. A diferença é que escrever dá muito mais trabalho!!! É só por isso que não me dedico mais a esta atividade que gosto tanto. Requer tempo, concentração, dedicação, capacidade de síntese e alguma graça também. Até ver não reúno todas estas qualidades para fazer disto algo mais sério. Já a leitura é outra conversa! Adoro ler. A única coisa que me faz voltar para trás é esquecer-me do livro no carro ou na agência. Andar de metro sem livro é coisa que já sou incapaz. Consigo abstrair-me da confusão, do tempo de espera, dos odores e humores das pessoas que por vezes respiram praticamente em cima de mim. Andar de transportes públicos tem muitas desvantagens mas também assegura uma viagem em que a minha cabeça pode estar noutro sítio qualquer, conforme a história que estou a ler. Essa mais valia tem contribuído para aturar o estado miserável do serviço do Metro, r…

Queridos, construímos uma casa

Imagem
Na arrumação de uns ficheiros dei com a foto do projecto da nossa casa, um desenho que o arquitecto fez para nos convencer de que a casa construída há mais de 30 anos e nunca habitada tinha potencial. Eu sempre tive, e continuo a ter, uma dificuldade extrema para imaginar espaços diferentes daquilo que os meus olhos vêm. Olhar para uma casa abandonada, para divisões inacabadas e em tijolo assustou-me desde início mas como o milagre da modificação tinha acontecido com a casa do caseiro, que também estava fechada e a precisar de muitas melhorias quando percebemos que a "casa nova" nunca estaria pronta quando casássemos, abracei o desafio cheia de coragem e por saber que não estava sozinha.  Começando pelo início, quando pensámos em comprar casa, já a mana Andreia tinha o seu T1 mas que começava a ser pequeno para o crescimento iminente da família. Surgiu então a ideia de retomarmos o sonho dos nossos pais e terminar a casa que começaram a construir mas que, voltas da vida, ac…

Carlota, a descontraída

Imagem
A Carlota tem o dom do encanto. Mesmo quando perde metade do sapato - literalmente - na escola sem ter dado conta ou sequer ficar preocupada com o acontecimento, consegue fazer um ar que me desarma quase por completo. Quando ontem a fomos buscar e demos com ela a vir ao nosso encontro com o sapato sem atacador e sem a língua que o compõe nem queríamos acreditar. Confrontada com a situação, sorriu, encolheu os ombros e diz "nem sei como aconteceu", nem como, nem quando, nem onde! Sorte a nossa que temos o querido tio João, que como sempre lhe vai aparando os esquecimentos, e depois de ter palmilhado metade da escola lá deu com a língua do sapato. Do atacador nem sinal mas do mal o menos. A questão é a forma como a Carlota encara isto. Super descontraída, nada preocupada, com um ar totalmente "superior", como quem pensa: "mas qual é o drama?!" o que me deixa entre a admiração, por conseguir ter esta descontração (se o mesmo tivesse acontecido com a irmã te…

Planos e Festas

Ou Festas e Planos. Os próximos tempos prometem! Este ano parece ser o ano das datas especiais. São os 30 anos do mano já este mês, os 40 do marido no seguinte e depois em julho os da mana e logo na mesma semana, os 10 anos de casamento. Pelo meio temos outras festas de aniversário, a festa final de ano da escola, apresentação do grupo de dança já este fim de semana, entre outros eventos como o picnic anual dos amigos, um casamento e um baptizado. Em agosto férias e o 5.º aniversário da Carlota! Depois chega setembro, com o regresso às aulas e toda a logística que isso implica. Folheio a agenda e vejo as datas assinaladas, umas a seguir às outras e, se por um lado me sinto animada com tanta coisa boa que está para vir, por outro começo a sentir um nó no estômago com tanto que quero fazer! Só espero ter energia para tudo porque cada data, cada momento, cada pessoa tem um significado especial na minha/nossa vida e não quero que passe a correr ou que seja só "mais uma festa". …

Linda mas...

Imagem
A melodia está lá. A voz está lá. Já a essência... só mesmo a nossa língua consegue transmitir. É essa a beleza da música e a nossa grande vitória.  Notícia completa no observador.pt






Baby Shower Dora & Madalena

Imagem
A data prevista do parto é só para junho mas tendo em conta o histórico da amiga Dora... estamos em verdadeira contagem decrescente! O Duarte nasceu às 35 semanas e o Vasco lá se aguentou até ao dia das 36. Agora a Madalena parece querer superar os manos e tem andado às voltas e aos pinotes quando as 35 semanas ainda mal chegaram! Escolhemos este fim de semana para o baby shower já com medo das pressas da menina Madalena e apesar da resistência da mãe Dora lá a conseguimos arrancar de casa para concretizar a surpresa que planeámos. Apesar dos esforços parece que já pairava uma certa suspeita, o que até foi bom porque não queríamos provocar o rebentamento da bolsa com tamanha emoção... com maior ou menor impacto, o propósito cumpriu-se e agora é aguardar que chegue a hora. E quanto a isso... Querida Madalena, tens muitos colos à tua espera, muitas tias loucas para te pegarem e encherem de beijos, muitos amigos e amigas ansiosos para te conhecerem e babar (literalmente) para cima de ti…