Mensagens

A mostrar mensagens de Outubro, 2015

Este é o plano

Imagem
Mais logo vai haver a festa de Halloween. Eu não sou nada fã deste tema, menos ainda dos fatos e conjuntos horripilantes. Aliás, confesso que a ideia era fazer-me de esquecida e nem falar sobre o assunto. O que me surpreendeu foi o entusiasmo com que ontem a Constança chegou a casa... a querer uma roupa "assustadora", que não podia MESMO faltar à festa, que não tinha medo nenhum, etc, etc. Ainda tentei sublinhar a questão do assustador, mas ficou claro que não partilhamos a mesma opinião. Posto isto, é alinhar e entrar no espírito o mais possível. Como não quero gastar dinheiro, o plano é sairmos com qualquer coisa deste género:

Depois partilho o resultado, para ver o quanto nos conseguimos aproximar...

A contagem prossegue

Imagem
Faz hoje 7 anos que comecei esta aventura. São 7 anos de partilha, de uma espécie de diário que tem acompanhado a minha vida, e inevitavelmente, a vida de quem me rodeia. São 7 anos de recordações daquilo que me marcou, do que me fez feliz ou me deixou triste. São 7 anos de histórias e coisas que foram acontecendo, umas previstas outras nem tanto e que fizeram de mim o que sou hoje. São 7 anos de descobertas e novas vivências que contribuíram para o meu crescimento enquanto ser humano, enquanto mulher, enquanto mãe. São 7 anos de uma vida, a minha.

Parabéns Matias!

Imagem
Há 6 anos o dia começou em sobressalto lá em casa, quando a Ana liga a dizer que já está em trabalho de parto. Super calma, mesmo estando a 1 mês da data prevista! Eu fiquei com o coração a bater muito rápido, meio atarantada, sem saber muito bem se ria ou chorava, tais os nervos, tantas as hormonas (eu no 1.º trimestre da gravidez da Constança) e gigante a emoção. O bebé Matias chegou sem dia marcado mas fê-lo rápido e quase indolor (são palavras da mãe!), sem precisar de incubadora, já de colo para colo no final do dia. Pegar num bebé tão pequenino, com um dentro da barriga, é uma sensação que não consigo traduzir em palavras. Foi sem dúvida uma emoção, das mais fortes que guardo antes de passar por essa experiência na 1.ª pessoa. Viver a primeira gravidez com um intervalo tão curto da querida amiga e cunhada Ana foi uma verdadeira aprendizagem para mim e uma verdadeira bênção para nós, família Vaz. Bênção que se estende pela vida fora, com a graça de termos os filhos tão próximos …

Sugestões aceitam-se

Imagem
Chapéu horripilante precisa-se.


Brinquedos a mais?!

Imagem
Ainda no fim de semana este foi um tema recorrente. Fazer arrumações lá em casa é sinónimo de arrumar brinquedos e jogos que parecem não acabar mais. E hoje, coincidência ou não, encontro este artigo sobre "Será que as nossas crianças têm brinquedos a mais". As minhas filhas têm certamente.


Uma família grande tem destas coisas: são muitos a dar e todos querem dar o que elas mais gostam. O resultado são várias prateleiras e cestos cheios de coisas, puzzles, peluches, bonecas, carrinhos, varinhas mágicas e afins... de vez em quando perco uma noite inteira a separar tudo, a ver se os puzzles ainda estão completos, a organizar (ou tentar!) as bonecas, as roupas e os acessórios. São precisas várias horas para completar esta tarefa! A meio dá-me sempre vontade de desistir... O resultado costuma durar depois apenas uns minutos, felizes que ficam por ver tudo organizado e  eis que nasce dali uma vontade repentina de brincar com tudo o que já nem se lembravam que existia. Antes de m…

Odeio o horário "modo inverno"

Este fim de semana vamos dormir mais 1 hora. Dormir ou o que seja, a verdade é que a mim é uma espécie de presente envenenado. É mais 1 hora num dia, para nos próximos meses sair do trabalho já noite serrada. Detesto este horário... sempre com a sensação de que estou super, mega atrasada... já acho que chego tarde a casa e que passo pouco tempo com as miúdas, então agora, a chegar já de noite... a sensação só piora...

Vale a pena

Ainda só passaram 2 meses mas arrisco a dizer que vale a pena investir num alisamento do cabelo! Depois de ter sido mãe, sobretudo após a 2.ª gravidez, deu-se uma espécie de metamorfose no meu cabelo... uma coisa que nem sei explicar, mas o volume começou a aparecer e a multiplicar-se. Tenho o mesmo cabeleireiro, o meu querido Leonel, já vai para 15 anos e nunca variei muito o estilo de corte, talvez por isso nos tenhamos apercebido das mudanças sem explicação que foram ocorrendo - a juntar ao volume, apareceram os jeitos e trajeitos que variavam consoante a noite e a posição da cabeça na almofada. Havia dias que tinha a "sorte" de ficar com ar "despenteado giro", mas também havia outros que o despenteado teimava em ficar só de um lado. Que grande mudança me havia de acontecer, logo a mim que tenho paciência zero para esticar cabelo!!!! E depois de algumas tentativas com a prancha para esticar o cabelo em casa, percebi que tal trabalho não é para mim! Ou arriscava…

Um verdadeiro compromisso

Imagem
De hoje a 1 semana sei que não vou conseguir mastigar lá grande coisa. Vão ser 3 a 4 dias de pura tortura - quando a pessoa não consegue mastigar é quando lhe apetece comer ainda mais do que o normal. Tenho o aparelho superior desde agosto e daqui a uns dias o sorriso metálico ficará completo, com a colocação do aparelho inferior. Este é um compromisso daqueles que não dá para desistir a meio... uma vez instalado... é até ao fim! Agora que custa, custa. É a dor, que uma vez por mês é certinha, sempre que se vai apertar/mudar os elásticos; é o tempo, que 1 consulta por mês parece coisa simples mas entre a correria do trabalho-casa-mãe-solteira-durante-a-semana... é muito complicado! E é também o dinheiro, claro. Mesmo com seguro não deixa de ser uma renda com a qual tenho de contar pelo menos 2 anos certinhos. É um compromisso, um desafio, uma superação. Se vale a pena? Isso ainda não sei dizer... mas espero bem que sim!!!! A parte divertida é deixar que sejam as miúdas a escolher a c…

Parabéns Maria Francisca!

Imagem
Hoje a nossa querida afilhada já faz 7 anos! Somos umas madrinhas muito orgulhosas nesta pirralha, que tem tanto de mau feitio como de energia positiva! Dizem que os afilhados vão sempre buscar coisas às madrinhas e por isso não podemos reclamar... a verdade é que, com ou sem mau feitio, somos umas madrinhas presentes que mais do que oferecer presentes, queremos estar sempre aqui para o que for. Que isso nunca mude. Parabéns Maria Francisca!!!!

Cenas de manas

Imagem
Que belo programa de domingo, quando lá fora chove mas cá dentro há energia para dar e vender... Elas pintam-se uma à outra, depois tiram e volta tudo ao início. Adoro ser mãe de meninas, já tinha dito?! 

E que bela recordação!

Imagem
Gosto muito das novas tecnologias mas continuo a achar que há coisas insubstituíveis: o cheiro de um livro, a magia de uma carta escrita à mão... Coisas simples mas que para mim continuam a fazer todo o sentido e as quais espero conservar, na minha e na geração das minhas filhas! No natal enviamos sempre postais, escritos à mão com mensagens especiais para cada família a quem queremos desejar as boas festas. Abrir a caixa de correio e ter outras cartas que não sejam contas, publicidade ou multas... Sabe mesmo bem!!! Esta foi uma surpresa daquelas que me encheu de alegria. Mais uma iniciativa da escola pública que surpreende pela positiva!

Não sei mesmo...

Imagem
"Por mais duro o serviço

Que a terra peça da gente

Eu não sei porque feitiço

Temos sempre novo alento"


Os serviços duros não param de chegar. Que o feitiço se mantenha e que o alento não me falte...




Este tem de ser o próximo

As sessões de cinema têm estado mais paradas, não por falta de vontade mas porque retomar as rotinas depois das férias não é fácil! E entretanto também já estivemos fora de fim-de-semana e numas quantas festas de aniversário por isso não é por saudades umas das outras mas sim pela vontade de retomar as saídas que nos ajudam a descomprimir de uma semana cheia de stress e do nosso papel de mães trabalhadoras a tempo inteiro! Ainda para mais, e finalmente, há filmes de jeito!!! Vi o trailer deste e fiquei com vontade que a sessão fosse tipo... agora! Sicário - Infiltrado

E depois vi este, que já tinha visto o cartaz algumas vezes e só percebi agora que o ator principal é o Johnny Depp! Finalmente fora do "formato" pirata ;)
Black Mass - Jogo sujo

Kit família 💜

Imagem
Hoje foi a reunião da sala violeta, a sala da Carlota. Sempre gostei deste colégio, fiquei super bem impressionada com o trabalho que fizeram na creche, mas agora o jardim de infância promete superar estas expetativas já tão altas! A educadora transpira amor à profissão, super adepta do método MEM (movimento escola moderna), já a mostrar um balanço destes primeiros meses que impressiona. Estive a reunião toda a sentir-me feliz com esta nossa escolha, a pensar que de facto vale a pena o esforço quando percebemos que está em tão boas mãos. No fim, e como se já não bastasse, apareceu a surpresa: o kit família, saco cheio de coisas, todas cheias de sentido. Adoro este colégio, já tinha dito?!?!

Sim, tenho medo. Admito

A adolescência das minhas filhas é coisa que ainda vem longe mas que volta e meia já me deixa ansiosa. Tenho medo de não saber estar à altura do desafio, de não conseguir percebê-las, de ouvi-las, de aceitar que cresçam. É um sentimento parvo, nesta altura do campeonato mas a verdade é que já dou por mim a pensar nisso. É uma fase que mais do que me preocupar, assusta. Depois quando volto a mim, sei que é um perfeito disparate e que vou enfrentar como tudo na vida (assim espero!). É seguir o conselho e... não ter medo: http://diasdeumaprincesa.pt/2015/10/adolescencia-quem-tem-medo.html

Gosto tanto

Numa de tantas partilhas no facebook, dei de caras com este blogue cafecanelachocolate.sapo.pt. Partilho-o aqui porque conhecendo as minhas amigas sei que, se ainda não o conhecem, vão gostar desta descoberta. Vão gostar das histórias de vida real, rever-se em algumas delas, aprender com outras. Para mim o sentido de um blogue é este mesmo, um espaço de partilha, onde não se expõe a vida privada só porque sim, mas com o objectivo de dividir angústias, partilhar alegrias, afugentar as tristezas. Muitas vezes pensamos que o mundo está todo contra nós, que tudo nos acontece, envoltos num manto de pessimismo. Depois escrevemos, falamos, partilhamos e, quase que por magia, parece que um peso enorme se levanta do peito. Porque percebemos que afinal não estamos sozinhos.

Grande desafio

Admito que também o faço: usar o telemóvel como distracção imediata. Em casa é mais raro mas num jantar, numa consulta, numa sala de espera... já usei sim! E funciona. É como um passo de magia: olha toma lá para ficares sossegada. Resulta sempre. As minhas ainda não "conheceram" os jogos porque não tenho nenhum instalado, mas são cromas nos vídeos do youtube! Só precisam que desbloqueie o telemóvel, o resto já fazem sem pensar. A entrevista que li hoje no Público, com base em resultados concretos de um estudo, comprova que este tipo de atitude é muito comum (porque funciona) mas que os efeitos estão longe de ser positivos a curto e médio prazo. É sem dúvida uma gestão difícil e um verdadeiro desafio nos tempos de hoje...

E se os tablets estiverem a ser usados como chuchas?
Eles isolam-se, têm menos contacto social, estão mais tristes ou ansiosos mas, ao mesmo tempo, sentem-se bem quando estão a jogar. São geralmente miúdos com índices de dependência da Internet graves que nos…

Quando a família se junta...

Imagem
Enche grande parte da bancada! 

Força Simão! Estamos juntos, nas vitórias mas sobretudo nas derrotas.  O que queremos é que sejas feliz e que sintas sempre o apoio desta família que tanto te ama.

Baptizado Santiago

Imagem
Nem o furação Joaquim conseguiu estragar o dia do Baptizado do nosso bebé mais pequenino! O Santiago é sem dúvida o bebé mais calmo e simpático que eu já conheci. Sem dúvida mais um dia feliz a juntar a tantos outros que vão compondo esta nossa história, que já vai bem longa. Que assim que continue!!!





E eu a achar que estava mais magra

Imagem

Isto serviu-me que nem uma luva...

"Podem parar de me perguntar quando é que decido engravidar" - Li este artigo e caiu-me a ficha que já meti o nariz na vida dos outros uma porrada de vezes! É certo que também já se meteram (e continuam a meter) comigo sobre este assunto, porque engane-se quem julga que isto tenha alguma vez um fim! Posso até já ter 2 filhas mas e então?! "Para quando o 3.º filho?" "Agora é que vinha a calhar um rapaz!" - já ouvi isto tantas vezes, vindo de pessoas que na verdade não me conhecem, que não fazem ideia de que até podia vir a ter 5 filhos e seriam sempre meninas (tenho esta convicção!). Mas retomando o ponto central da questão, a verdade verdadinha é que perguntar por uma gravidez, seja ela a 1.ª ou a 20.ª, não é de facto da vida de ninguém! É uma pergunta que tanto tem de íntima como de privada. E a verdade é que qualquer que seja a resposta, em nada podemos ajudar:
Pergunta: Então quando é que engravidas?!
Resposta 1: ainda é cedo, ainda nem penso nisso » …

Family

Imagem
Retrato de família atualizado!  É também por isto que a mana Andreia gosta tanto de fazer anos :)

Parabéns querida maninha!

Imagem
Hoje o dia é da mana do meio! Adora fazer anos e adora, acima de tudo, festejá-los! Sempre casa cheia no jantar da mana Andreia que tem tanto de popular como de amiga de corpo e alma. As amizades são um crescendo na sua vida, porque por onde quer que passe tem sempre o dom de simpatizar com alguém e esse sentimento ser reciproco! O que nada me espanta porque a conheço muito bem: sei o quanto põe de si para os outros; o quanto se dedica; o quanto se preocupa; o quanto sabe cuidar; o quanto consegue ouvir; o quanto entrega e o quanto ama. Esta minha mana é talvez a pessoa que mais me conhece no mundo, que me entende só de olhar para mim, que me percebe sem que seja preciso uma única troca de palavras, que me respeita tanto e que acima de tudo, me aceita tal como sou, sem uma única reserva. O facto de morarmos juntas justifica em muito esta ligação, mais mais do que as vezes que nos cruzamos, o que conta é o quanto partilhamos uma com a outra. Querida maninha, este ano que passou foi se…

O tempo voa mesmo

Imagem

Aos professores da minha vida!

Imagem
Diz que hoje é dia do professor e por isso não posso deixar passar a data em branco. As minhas irmãs e irmão escolheram esta profissão que considero tão nobre! Cada um com a sua área, mas em comum o amor profundo àquilo que fazem. Se todos fossem como os lá de casa, o mundo teria pessoas melhores, sem dúvida! É mais um motivo que me enche de orgulho, por saber que são excelentes no que fazem, adorados pelos seus alunos e com uma dedicação de corpo e alma. Que continuem sempre assim, a fazer o que mais prazer vos dá e a deixar as vossas marcas nos outros!  A todos os outros professores, em especial às amigas que fazem parte da minha vida e que também abraçam esta profissão com igual entusiasmo, os meus parabéns! Que apesar de todas as dificuldades, cortes, limitações e burocracias, nunca percam o gosto pelo vosso trabalho.


Em aceitação

Ontem fiquei em choque com os resultados das Eleições. Depois fui ao Facebook e fiquei a perceber que não era a única... sinceramente, qualquer resultado me deixaria preocupada. A diferença é que para além de preocupação o que sinto é uma profunda desilusão... e abstenção acima dos 50% é coisa que ainda percebo menos. Mesmo.

Ena tanta coisa!

Imagem
Este sábado finalmente retomámos a piscina! Ainda levei a Carlota, para ver se se entusiasmava mas nada... continua a achar muita graça mas é de ver os outros. Ela prefere ficar a assistir da bancada! Já a mana retomou esta atividade sem grande ânimo, há que dizê-lo, mas com muita determinação. Ela já percebeu que enquanto não souber nadar não vamos deixar que desista. Então mais vale encarar o desafio e superar os seus medos e quanto mais rápido melhor. A mudança de professor parece ter tido um efeito muito produtivo! Houve mergulhos, saltos, descida de escorrega e tudo! Soube mesmo bem presenciar estes momentos de superação!!! 

Antes da piscina ainda deu para irmos comprar os sapatos da estação, que esta mudança repentina assim o obrigou - isso e o facto de no próximo fim de semana termos um baptizado e elas só terem ténis para calçar!!! À tarde a Constança foi brincar com a sua querida amiga Matilde, que ficou no colégio do ano passado e por quem desenvolveu a 1.ª amizade "es…

Dia Mundial da Música

Imagem
No dia Mundial da Música a escola da Constança convidou as crianças e as suas famílias para uma noite diferente: ouvir a história do Pedro e do Lobo acompanhada de uma banda ao vivo! Os 40 músicos da Banda da Sociedade Musical Odivelense encheram meio ginásio que ficou à pinha para assistir e aplaudir de pé esta iniciativa, tão simples e tão cheia de significado. Parabéns a esta escola pública que nos faz acreditar que no nosso sistema nacional de educação ainda há gente cheia de energia, motivação e muita garra!
Na sala, com a ajuda da educadora Margarida, nasceu o nosso novo animal de estimação "o crocodilo crocas" que basta abrir e fechar a boca para produzir o som de uma salva de palmas. Mais uma ideia simples e tão divertida!!!
E ainda sobre este tema, parabéns especiais ao meu querido afilhado Duarte que começou a dar os primeiros passos musicais! Tem aqui uma madrinha que só tem palavras de incentivo nesta matéria!!!! Acredito na capacidade que a música tem de enriqu…

Mais uma

Ontem lá fomos mais uma vez ao hospital. Se existisse cartão de cliente frequente para as urgências, a Carlota já estaria cheia de pontos!!! Nos últimos meses muitas foram as visitas e o motivo sempre igual: febre. Aparentemente não tem mais nada, mas depois na observação da garganta os pontos brancos saltam sempre à vista. Porra para as amigdalites!!!! No meio de tudo ela até é uma valente porque apesar do estado super inflamado da garganta, continua bem disposta e sem perder o apetite. É o que vai valendo... porque ter febre, semana sim, semana não, convenhamos... não é bom para ninguém. Ontem, para além do exame horrível do cotonete esfregado lá bem fundo na garganta, fez também análises. E isso foi o pior de tudo. As enfermeiras já suavam, eu quase de lágrimas e a Carlota aos berros. A dizer dói, dói, paiiiiii!!! Eu de garganta apertada, a fazer força para não chorar, concentrada em segurar-lhe as pernas e a pensar só em nomes feios (mesmo dos piores) para chamar àquelas enfermei…