Boa sorte à melhor chefe de sempre!

Hoje é daqueles dias difíceis, dos que ficam marcados como um marco, uma viragem ou começo de uma nova fase. Hoje é o último dia da minha chefe, que foi quem me trouxe para o mundo da media quase que por um acaso e que me acompanhou nestes últimos 10 anos. E foram 10 anos intensos com tantas coisas pelo meio, profissionais e pessoais, que nos marcaram a ambas. Saber que sai por vontade de começar uma vida nova, mais calma, mais dedicada à família deixa-me sem argumentos. Ter a capacidade de arriscar, de trocar o certo pelo incerto é só mais uma qualidade que se junta a tantas que a definem como chefe, mas acima de tudo como ser humano. A vida foi dura com a Rita, viúva no dia em que a filha fez 1 ano (perdeu ela o marido, o pai da filha e eu/nós lá em casa um grande e especial amigo). Uma perda dura que ultrapassou com uma força de gigante, focada no trabalho, sem margem para dramas ou auto-compaixão. Aprendi tudo o que sei desta área de media com a Rita mas o maior legado que me deixa foi a capacidade de seguir em frente. A vida dela e a forma como escolheu vivê-la mostrou-me que tudo acontece por alguma razão e que, mais cedo ao mais tarde, tudo passa, tudo se renova, tudo se encaixa. Obrigada Rita pelos 10 anos enquanto chefe - das que trabalha no duro, que critica mas apoia sempre e de forma incondicional mas obrigada Rita pelos 10 anos de convivência, de conselhos, de partilha, de empréstimos das fantasias de Carnaval para as miúdas e de tantos outros momentos que tornaram a nossa relação especial. Ler o teu e-mail de despedida, as linhas que me dedicaste vale o maior dos elogios!!!
À Telma, porque entraste aqui sem saber o que era uma folha de excel e fruto da tua capacidade de adaptação a tudo o que vier, és hoje um dos pilares humanos do departamento e da agência;


Obrigada por tudo e por tanto. Que encontres o que procuras: ser feliz!

Comentários

Mensagens populares deste blogue

Dia Mundial da Doença de Parkinson

Parabéns maninha!

O milagre chamado Constança José