Adeus 2015

A 1 dia do ano terminar confesso que é com prazer que lhe digo adeus. Foi um ano duro, com muitas coisas inesperadas para o bem e para o mal. As coisas boas vamos guardar. As más queremos deixar para trás, que não nos pesem no coração, nem nos bloqueiem os sonhos. As boas queremos que se repitam e que nos encham o futuro de boas surpresas. Acima de tudo queremos continuar unidos e felizes. 

Quando passo as fotografias do ano em revista percebo que o balanço não é nada mau. Apesar de tudo, de todos os obstáculos, de todas as novidades, temos muito para guardar!

Comentários

Mensagens populares deste blogue

Wooowwww

O milagre chamado Constança José

Quando a morte espreita...