Porto, Guimarães e Braga

Foi quase 1 dia por cidade! Tivesse o estado do tempo ajudado e a nossa visita tinha sido mais demorada mas para ficar a conhecer deu perfeitamente. Pelo Porto não nos demorámos, foi mais visita de passagem para um dia voltar com mais calma e mostrar a cidade às pequenas. Mas como tanto eu como o Hugo já conhecemos, o passeio foi curto mais para almoçar e esticar as pernas do que propriamente para visitar. Seguimos depois para Guimarães e sendo uma cidade mais pequena a visita fez-se praticamente nessa tarde. A subida de teleférico ao monte foi o ponto alto!

No dia seguinte passámos para Braga, literalmente! Preferimos trocar as acomodações de um mini apartamento, sem pequeno-almoço incluído e com acesso à piscina condicionado (crianças permitidas apenas até às 17h), por um quarto de hotel mais pequeno mas com piscina interior no fundo do corredor. Foi uma excelente mudança de planos que nos permitiu não só poupar uns trocos como, o mais importante, aproveitar para descontrair com um belos mergulhos na piscina super aquecida e vazia do Hotel do Templo, mesmo ao lado do Bom Jesus. Adorei aquela espécie de santuário, de uma beleza impressionante e de uma tranquilidade arrebatadora! É sítio que vou querer voltar com mais tempo e com mais sol também!

Cidades encantadoras, tanto pela beleza natural como pela tranquilidade que transmitem, a acrescentar a simpatia e disponibilidade das suas gentes. Para primeira visita superou expectativas e ficou certo que vamos voltar! Tenho de concordar com o marido quando diz que "o Norte nunca desilude". Foi também por isso que escolhemos esse destino para celebrar o seu aniversário! A Constança levou um desenho bem escondido para surpreender o pai ao acordar e só esse momento valeu por tudo! Sem dúvida a melhor forma de começar um novo ano de vida: junto dos que ama, longe do reboliço do dia a dia, a aproveitar a vida! Parabéns meu (nosso) amor!!!


Comentários

Mensagens populares deste blogue

Porque é preciso haver quem faça

Estamos prontas!

Os amigos são a família que escolhemos