Completamente in love...

Confesso que vivi esta gravidez da mana mais velha com alguma angústia por ter ainda bem presente o quanto estar grávida não é propriamente um mar de rosas... vómitos, azia, não poder tomar nada para a constipação, pernas inchadas, contracções antes do tempo, bolsa em risco de romper e, agora na última semana, colestase gravídica. É muita coisa para gerir, muita pressão a cada semana que passa. Quando me disse que iriam provocar na 4.ª feira, no dia das 38 semanas, respirei de alívio! E fiquei feliz também com a coincidência da data: dia 11 de janeiro era o aniversário da mãe do Hugo e fez ontem 19 anos que o nosso namoro se oficializou num jantar em família. O nascimento da Frederica veio coroar este dia, que sempre foi e será dia para celebrar a vida. Dos que já partiram, dos que a vida juntou e dos que chegam ao mundo para completar as nossas vidas. 
Passei o dia à espera que o telemóvel desse sinal de parto, o que só aconteceu às 18h da tarde. Demorou 1 dia de trabalho a vir ao mundo, mas valeu a pena cada segundo de espera. A Frederica nasceu de parto normal, com 3.200kg e graças a Deus de perfeita saúde. As manas e madrinhas conheceram o membro mais novo da família 3 horas depois e foi uma emoção que não se explica por palavras... 





Bem vinda querida Frederica! 
Nasceste numa família cheia de imperfeições mas com uma capacidade de entrega e de amor que te vão deixar rendida. 

Comentários

Mensagens populares deste blogue

Porque é preciso haver quem faça

Estamos prontas!

Os amigos são a família que escolhemos