Separam-nos 28 anos


A minha mãe guardou para cada uma de nós algumas peças, as mais especiais, que usámos em bebé. De mim guardou este vestido lindo, o do meu baptismo e mais um babygrow e depois mais uns 2 vestidos assim de mais crescida. Este é ainda mais especial porque há uma foto que o guarda. 28 anos depois vestiu-o à minha filha, no dia do seu baptizado para ficar para a posteridade. A minha filha primogénita recebe esta herança, a mais especial e importante de todas: a nossa história. O passado que liga ao presente e que fará com o que o futuro faça sentido. Espero que daqui a uns anos possamos repetir a foto com a filha da minha filha. 

Nota: se pudesse fazer com o que tempo voltasse atrás, teria vestido a Carlota também com ele, mas foi baptizada em pleno inverno e por isso não me ocorreu vesti-la assim, nem que fosse para a foto...

Comentários

Sandra disse…
Aqui se vê que nenhuma das tuas filhas é parecida contigo, pelo menos por enquanto 😉.

Mensagens populares deste blogue

O milagre chamado Constança José

Wooowwww

Quando a morte espreita...