Parabéns Primo!

Só do lado materno somos 20 primos - sem contar com maridos, nem filhos. Somos muitos, de idades diferentes, a viver em cidades - até países - diferentes. Somos de gerações não muito distantes e sempre nos demos bem. Foram muitas as férias de verão e as noites de Natal que passámos juntos, a encher de baralho - mas de muita alegria - a casa pequena da avó Luz. Incrível como a cozinha, que é sala ao mesmo tempo, sempre teve elasticidade para nos receber a todos - uns sentados nas escadas para o sótão, outros à mesa, outro em frente à lareira. Confusão geral, sem regras nem etiqueta mas em que a harmonia sempre reinou. Fomos crescendo, a avó envelhecendo, e os encontros passaram de algumas vezes por ano para, na melhor das hipóteses, um encontro anual, que nem sempre consegue reunir todos... as novas tecnologias ajudam a manter o contacto mas a verdade é que não substitui os encontros, os abraços, as conversas, a troca de olhares e a sintonia que nos liga por tanto que temos em comum e que faz, agora sei, toda a diferença. 
Quis o destino que o primo David, que nasceu e cresceu em França, escolhesse Lisboa como destino para (mais) uma experiência profissional diferente e foi de braços abertos que o recebemos. O David é da geração do meu irmão, mas a afinidade não escolhe idades e por isso sempre nos entendemos muito bem. Admiro-lhe o espírito aventureiro, que o levou a sair cedo de casa, de mochila às costas, sem planos nem contas pagas, a aventurar-se além fronteiras. A forma fácil como conhece pessoas, mas acima de tudo a forma como as percebe e as respeita, sem qualquer preconceito ou juízo de que tipo for é verdadeiramente impressionante! É mais novo do que eu mas tem mais mundo do que poderei algum dia sonhar!!! Se já o admirava pelo pouco que ia sabendo, pelo facebook ou pelos relatos da tia (de quem também sou uma fã gigante!), desde que o conheci de mais perto, que tive o privilégio de partilhar esta passagem por Lisboa e todas as suas aventuras e desventuras ainda o fiquei a admirar mais! E o sentimento não é único, já que conquistou também as prrrimas mais pequenas que já lhe sentem a falta nos almoços de domingo... hoje é o teu dia, dia em que cresces mais um bocadinho e por isso aqui fica esta mensagem de parabéns para que saibas o quanto amámos ter-te por cá, que tenhas a certeza de que aqui terás sempre braços - muitos! - para te receber e abraçar. Obrigada pela alegria que devolveste ao meu irmão (mais uma prova que nada nesta vida é ao acaso); Obrigada pela inspiração que és nas nossas vidas; Obrigada pela lufada de ar fresco! Muitos parabéns e que sejas sempre feliz, independentemente do lugar que escolhas estar.


Comentários

Mensagens populares deste blogue

Parabéns cunhado!

Bodas de Ouro - Tios Maria & João

Se te acrescenta, tenta!