Divertidamente

Gostei muito. Gostámos todos muito. É daqueles filmes infantis cheio de piadas para os crescidos, algumas só mesmo para adultos. Entrar na mente de alguém podia ajudar a resolver tanta coisa... Por outro lado mantém a individualidade de cada um, que tem dentro da sua cabeça um corpo de sentimentos que se vão sobrepondo e contradizendo e intercalando... Alegria, repulsa, medo, tristeza, raiva... A magia opera-se tantas vezes sem nos darmos conta... Dentro de nós e dentro dos outros que amamos tanto. Nem sempre estamos todos em sintonia, é quase magia quando isso acontece! Amar sem limites é isto: é aceitar o que vai dentro da cabeça de quem amamos. É aceitar-lhes a alegria mas também a tristeza. É estar lá sempre, independentemente do estado de espírito. Um verdadeiro teste à nossa capacidade de encaixe e de resposta! Ainda faltam uns bons anos mas já muitas vezes penso como será enfrentar o crescimento das minhas filhas, vê-las crescer, deixarem para trás os bonecos, os desenhos, as brincadeiras com a casinha e começarem os silêncios, as ausências... o medo e a angústia começam aos saltos no meu cérebro, em alerta máximo! Só peço que o tempo não corra! 
#em modo alegria!

Comentários

Mensagens populares deste blogue

Parabéns maninha!

A mãe disse

E de repente...