Que venha para ficar

Refiro-me ao sol e ao calor! Preciso desesperadamente de finais de dia ainda com luz; de dias de sol quente e de cheiro a primavera/verão; de manhãs sem nuvens que prometam um dia de calor; de dizer adeus aos casacos de inverno; de poder sair de casa só com um casaquinho de malha; de poder mostrar os dedos dos pés; de apanhar sol na cara, no corpo todo para deixar para trás a palidez do inverno; de secar roupa num só dia; de arejar todas as divisões da casa. De tanta coisa simples, mas que pode fazer tanta diferença no espírito de uma pessoa.

Comentários

Mensagens populares deste blogue

Wooowwww

O milagre chamado Constança José

Quando a morte espreita...