A desilusão da Constança. A alegria da Carlota

Na 5.ª feira quando as fui buscar à escola deparei-me com uma Carlota histérica de alegria, a abraçar as "amigas" e a dizer adeus a todos tal e qual uma estrela pop e uma Constança de braços cruzados e olhar no chão... triste porque estava na expectativa, super mega válida, de passar a manhã com a mana na sua escola quando na realidade a mana pouco (ou quase nada) lhe ligou. Bastou a 1.ª meia hora para quebrar a timidez e começar a fazer amizades, toda ela sorrisos e brincadeiras com os "novos" amigos. A Constança sentiu-se em segundo plano e ficou triste. Não por vê-la bem disposta e feliz mas antes por não se sentir parte dessa boa disposição. A Carlota adorou a escola da mana, e como a sente dado adquirido, sempre por perto de olho nela, achou que não tinha de se preocupar em dar-lhe atenção. Percebo as duas atitudes porque encaixam na perfeição com as suas maneiras de ser. Fico feliz com a ligação que têm, super orgulhosa pela dedicação da Constança e pela espontaneidade da Carlota mas preocupada pela sensibilidade da mais velha... São tão diferentes estas minhas filhas... e é incrível como consigo amá-las e admirá-las nas suas diferenças.


Comentários

Mensagens populares deste blogue

Porque é preciso haver quem faça

Estamos prontas!

Os amigos são a família que escolhemos